Revistas / 2013 / Maxim (Outubro)

A MAXIM é uma revista voltada para o público masculino adulto, com apelo sexual.

Maxim (Outubro 2013)Xtina – Ouça a voz, veja o corpo

Traduzido por http://www.iloveaguilera.wordpress.com
Não copie, direcione o link

A voz e o corpo. Ela é um ícone pop, está prestes a voltar como mentora do The Voice e está mais gostosa do que nunca. A Deusa da Sensualidade Christina Aguilera nos faz enlouquecer em nossas cadeiras.

Só existe um punhado de de cantores que são reconhecidos quando  dizemos apenas o primeiro nome deles. E como uma sessão de fotos com o Sting não nos pareceu uma boa ideia, nós gostaríamos de te reapresentar a alguém conhecida simplesmente como Christina. Sim, pela terceira vez na história da Maxim, a cantora que tem uma beleza de nocautear e a melhor voz do entretenimento está agraciando nossa capa. E nós afirmamos que ela está mais sexy do que nunca.

Aos 32 anos, ela está no topo da carreira dela, estrelando como jurada/mentora de The Voice; produzindo mais um perfume, “Unforgettable”; e até mesmo investindo tempo em Ruanda, no papel de embaixadora das Nações Unidas como porta-voz do Programa Mundial Contra a Fome. E no meio disso tudo, ela ainda achou espaço para nos dizer o que um cara precisa fazer para deixá-la naquela vontade (dica: envolve um produto agrícola).

Bem vinda de volta à capa da Maxim! Sentimos saudades! 

Obrigada. É empolgante estar de volta! Eu acredito que neste ponto da minha vida, é hora de celebrar a minha sensualidade. E sejamos honestos, eu nunca fui do tipo que foge disso.

Esse deve ser o maior eufemismo do ano.

Exatamente. Minha primeira capa com a Maxim veio quando eu tinha 21 anos de idade e começando nesse segmento, pronta para me soltar da minha jaula e explorar minha independência. Minha segunda capa veio alguns anos depois, e agora, eu estou ainda mais segura no meu corpo. Foi bacana soltar a minha Christina interior e deixar ela sair para brincar um pouco. Como uma mulher, a idade traz a liberdade de saber exatamente o que queremos.

Como você define sensualidade?

Eu costumo manter meus pés sempre no chão. Me sinto confortável mesmo usando em camisões e cueca. Tentar forçar a sensualidade é a pior coisa que você pode fazer. Deve vir naturalmente.

É algo que não pode ser ensinado?

Deus, essa é uma senhora pergunta! Vou fazer da seguinte forma: no The Voice, nós começamos completamente cegos. Nós não conseguimos ver ninguém, mas sempre tem aquela sensação que você capta da voz da pessoa. Por isso, acho que quando você tem algo dentro de si, esse algo vai transparecer. A sociedade tem vários conceitos para o que é sexy, provocante e o limite entre vulgar e clássico. Eu sou uma que gosta de explorar esses lados e provocar reações das pessoas.

Você acha que seu beijo com Britney Spears e Madonna seria tão polêmico se acontecesse hoje?

Acho que o tempo faz as pessoas mais imunes ao fator chocante de certas coisas. Ser provocante é algo tão casual agora. As rádios tocaram I Kissed a Girl de Katy Perry e Rihanna sempre está muito confortável com a sensualidade dela. A propósito, eu já tive uma quedinha feminina por ela, porque amo mulheres que ousam e não têm medo de irritar as pessoas. Mas sobre esse momento específico que você mencionou, eu mal me lembro dele, para ser honesta. Eu aposto em conexões reais, fantasias e cenários.

Como um cara tem que fazer para te sugerir uma ideia nova no quarto?

Tudo tem que ser na base da conversa, especialmente entre dois parceiros que estão juntos há muito tempo. Mas não se pode forçar suas ideias na outra pessoa. Se você sente que é algo que deixa seu parceiro desconfortável, então tente uma alternativa ou simplesmente esqueça a ideia.

O cara precisa saber cantar para te excitar?

De jeito nenhum! O jeito mais eficiente de me fazer sentir esquisita e de me assustar é sentar do meu lado e me fazer uma serenata com um violão. Não é meu estilo.

Então de que tipo de cara você gosta?

Caras autênticos. Por isso eu costumo ficar longe de celebridades. Não preciso de ninguém com dinheiro, porque acredite, eu tenho meios para me bancar sozinha. O que eu amo mesmo é aquele tipo protetor. O único lugar onde eu não preciso estar no controle é no quarto; nele, eu gosto que o homem assuma o controle. Às vezes, a intimidade com meu parceiro é a melhor maneira de liberar o stress no fim de um dia árduo de trabalho. Eu não sou a garota que diz ‘agora não’ porque está cansada.

O que te excita?

Preliminares são muito importante, mesmo que seja apenas um beijo suave no pescoço. É importante lembrar de fazer as coisas que te levam ao clima. O melhor tipo de encontro para mim é aquele quando eu volto do trabalho e sou recebida com um sanduíche de queijo quente caseiro – nada de comida para viagem – e uma taça de vinho. Você monta a mesa com uma toalhinha, umas flores e uma vela acesa. Quanto mais simples, mais sexy. E se isso não basta para a garota que está do seu lado, então eu não sei se ela vale o seu tempo.

Finalmente, a gente precisa saber: Quem era mais bacana nos dias do Clube do Mickey, Ryan Gosling ou Justin Timberlake?

Os dois eram muito carismáticos, mas prefiro não responder diretamente essa pergunta, não quero isso voltando contra mim mais tarde. Eles eram unidos, sabe. Andavam juntos o tempo todo, assim como eu e Britney andávamos. E olhe para nós quatro agora, é engraçado como o destino aconteceu.


Voltar para Revistas – 2012 e 2013