Revistas / 2005 / OK (Dezembro)

A OK é uma revista de fofocas e notícias de celebridades

Christina & Jordan – dentro da maravilhosa festa de casamento

Traduzido por http://www.iloveaguilera.wordpress.com
Não copie, direcione o link

leu a parte 1?

Parte 2 da maravilhosa celebração de casamento – CHRISTINA E JORDAN – Você tem um convite exclusivo para a recepção de contos de fadas e festa fabulosa do casamento da princesa pop!

CHRISTINA AGUILERA usou uma única palavra para descrever o casamento com Jordan Bratman: mágico. Nós não tínhamos como discordar. E estrela do pop, aos 24 anos, casou com Jordan em 19 de novembro, no rancho de um amigo da família em Napa Valley, Califórnia. As festividades, exclusivas para a OK, duraram três dias e tocaram o coração dos 125 convidados que comparacerem.

Apesar das comemorações noturnas contarem com a diversão proporcionada por mais champagne que um assíduo frequentador de festas consegue aguentar, o casamento em si foi uma representação doce, gentil e tradicional do amor que Christina e Jordan dividem. O final de semana do casamento foi marcado por uma sequência interminável de momentos memoráveis.

Por exemplo, a visão de Shelly Kearns, mãe da Christina, chorando enquanto ela e a filha valsavam juntas ao som de “Wind Beneath My Wings” na pista de dança, foi algo belíssimo. Jordan se uniu à noite na pista acompanhando da mãe dele, Gail Bratman, e quando o quarteto uniu os braços, tocou o coração de todos os convidados presentes naquele cenário de um inverno maravilhoso.

Um momento que representou bem a mistura do novo e do antigo, presente em vários momentos no casamento, foi quando Jordan e Christina foram levantados em suas cadeiras ao som de uma versão hip hop e remixada da dança tradicional judaica, “Hava Nagila”. E sempre a cantora, Christina improvisou, mais tarde, um solo magnífico do clássico romântico de Etta James, At Last, em dedicação à Jordan. Outro momento doce foi na festa de boas-vindas da quinta à noite, quando o irmão de Christina, Mikey, de 9 anos,  fez um número de break dance.

Como a própria Christina disse, “para mim, todo o final de semana pode ser resumido em uma única palavra: mágico”. Ela acrescenta: “A melhor parte de tudo foi que você conseguia sentir quanto calor e amor estavam presentes em cada lugar – definitivamente, tinha um espírito sagrado presente”.

Horas antes, no casamento propriamente dito, Christina havia entrado na capela carregando um único rosário com diamantes, ao invés do tradicional bouquet de flores. Muitos detalhes incríveis foram proporcionados pelo excepcional organizador de casamentos, Michael Gapinski. Uma imensa árvore japonesa Jay Strongwater dominou a sala temática no Alberge Du Soleil, para o jantar de ensaio de sexta à noite. Os convidados eram chamados para escrever bilhetes ao casal e pendurá-los na árvore.

Assim como nos shows, Christina fez várias mudanças de cabelo e maquiagem no decorrer do dia. Para uma das mudanças, Christina desapareceu por 15 minutos para então voltar em um curtíssimo vestido de seda cor-de-creme detalhado com um laço de veludo, desenhado pela amiga e estilista Simone Harouche.

Mas para o generoso casal Christina e Jordan, o final de semana não serviu apenas para celebrar o amor e casamento deles. Fazer os convidados se sentirem confortáveis era vital para os dois, e por isso decidiram servir as comidades favoritas de cada um. Durante a noite toda, foram servidas costelinhas, purê de batata, macarrão com queijo, leite e biscoitos, frango frito, waffles, anéis de cebola e sorvete, tudo para ajudar na criação de um clima confortável e caloroso.

Como lembrancinhas do final de semana, Christina e Jordan enviavam cestas de presentes personalizadas para o quarto de cada convidado, durante todas as noites. Elas marcaram a conclusão das festas de três dias com mini caixinhas cor-de-rosa com bagels e acompanhamentos espalhados pelos quartos, acompanhados do seguinte bilhete: “Que bom que você veio! Aí vão uns bagels e schmear”. Aqui, nós apresentamos exclusivamente a reação de Christina ao mágico casamento.

Ela explica como escolheu o maravilhoso vestido confeccionado por Christian Lacroix, como ela se sentiu em baixo da chuppah com Jordan e porque ele melhorou a vida dela. Ela também fala dos planos de ter filhos.

Parabéns! Como você se sente, Christina?

Eu me senti como nunca antes. Honestamente, não tem como descrever o meu sentimento na entrada no templo. Quando eu estava lá com Jordan, embaixo da chuppah com o rabi, eu estava em um estado de sonho. Eu sabia que estava prestes a casar com o homem que eu completamente e totalmente amo. É o momento que toda a garota fantasia. Eu me senti tocada e tinha tanto amor à volta. No final, foi algo muito espiritual acontecendo dentro de mim. Havia algo tão sagrado no salão que chega a ser indescritível.

Você se sentiu surpresa com o quão emocionada você ficou?

Eu experimentei tanta coisa nessa minha profissão, por tanto tempo, que eu achei que o meu casamento seria moleza. Eu sou uma artista, eu já fiz coisas desse tipo antes, e sinceramente achei que eu não ficaria nervosa. Mas quando chegou o grande momento, eu me senti tão emocionada por casar com o único homem que eu amo e adoro.

Como você se sentiu lá embaixo da chuppah, com Jordan?

Eu pensei que já vivi tantas coisas – mais do que muitas pessoas – em apenas 24 anos, mas quando eu estava lá olhando nos olhos do Jordan, lendo os votos que escrevemos para o outro, eu percebi o tanto que havia perdido e de repente me senti começando uma vida completamente nova. Foi como se eu pudesse olhar para o próximo capítulo da minha vida e ele seria todo escrito com a pessoa mais incrível da minha vida, então percebi a magnitude daquele momento. Fui cercada por uma felicidade emocionante. Nunca me senti assim antes. Foi um sentimento de alegria tão grande e imenso que pareceu uma experiência fora do meu corpo.

Quando você se decidiu casar com Jordan, você sabia que começaria uma nova fase em sua vida?

Eu sabia, mas não estava preparada para a emoção que eu senti. Quando eu comecei a entrar naquela sala com meus amigos e família, foi uma momento de pura alegria. Eu comecei a perceber o que me esperava a partir daquele dia, que foi o mais importante e especial da minha vida. Saíram lágrimas de felicidade! Eu fiquei surpresa com minha reação!

Nada do nervosismo pré-casamento?

[Risadas] É um passo imenso para a vida de qualquer pessoa se comprometer com alguém para sempre, mas Jordy é meu melhor amigo. Quando eu estava fazendo meu discurso na noite anterior, no jantar de ensaio, eu não consegui evitar agradecer os pais dele por abençoarem minha vida com alguém como ele. Na verdade, no meu próximo álbum terá uma música para ele chamada “Save Me From Myself”, porque é exatamente isso que ele fez. Ele chegou em minha vida e me salvou quando eu não acreditava mais nas pessoas e restaurou minha fé no mundo e na humanidade. Ele é mesmo meu anjo que me fez acreditar na vida novamente.

Este é um presente de casamento bem inspirador.

É uma loucura, principalmente porque eu costumava a olhar esses depoimentos como algo brega e bobo. Mas é verdade, até você estar realmente amando, você vive em uma bolha. De repente, você é levada de lá completamente e com o coração mergulhado, o seu mundo muda totalmente.

Você sonhava com o casamento dos sonhos desde criança?

É engraçado, porque eu nunca fui uma dessas meninas que sonhava com o casamento do conto de fadas. Eu nunca quis crescer e ir morar na casa perfeita com as cerquinhas brancas perfeitas. Até na escola, eu estava tão focada em tentar uma carreira que garotos e relacionamentos estavam sempre em segundo plano. Se acontecesse, aconteceu. Se não, tanto faz. Mas quando Jordan apareceu, ele aflorou em mim um lado mais delicado, mais feminino, algo que eu não tenho nem certeza se eu conhecia em mim. Pela primeira vez na minha vida, eu me senti mais livre e estável do que nunca antes.

Seu casamento foi bem íntimo, não é?

Nós não queríamos fazer uma festa imensa. Foi muito importante para nós convidar somente as pessoas mais próximas. Nós valorizamos o significado do casamento e pensamos que deveria ser um momento muito sagrado, privado e especial para a gente. Não queríamos convidar todo mundo que nós conhecemos. Os convidados tinham que nos conhecer e nos amar. Nós queríamos muito que fosse uma ocasião muito íntima com nossos familiares e amigos mais próximos.

E eu posso nunca ter sonhado com o casamento dos sonhos, mas eu amo planejar uma festa. Até mesmo no aniversário de um ano da nossa cadela Koko, nós fizemos uma festa japonesa para ela, e todo mundo que foi levou um cachorro, fizemos uma sacola de pequenos presentes caninos. Quando eu planejo uma festa, eu gosto de temas. Michael, o organizador do nosso casamento, mergulhou de cabeça na minha visão de um tema japonês e deixou as pessoas experimentarem um pouco do que é especial para a gente.

Porque você escolheu Napa?

Nós já passamos alguns finais de semana aqui, com amigos. Nós dois amamos vinho e a atmosfera relaxante e bela de Napa. Não é uma cidade energética. Tudo é muito calmo. Eles têm tanto orgulho da culinária local e dos vinhos, e sabem tanto como acomodar bem as pessoas, que nós imaginos que seria um excelente cenário para um escape de fim de semana, e como seria legal que todos pudessem espapar para esse mundo romântico aqui.

Jordan se dedicou ao planejamento do casamento?

Sim, e eu achei engraçado porque pensei que ele  fosse só dizer “Ah querida, faça o que você quiser”. Mas não Jordy, ele estava lá do lado e se ele tinha uma ideia diferente na cabeça, ele se posicionava e dizia: “Amor, é meu casamento também”. Achei legal que ele não foi um cara típico, mas sim um que tinha opiniões fortes sobre o que ele queria. Nós temos tanta coisa em comum e nossos gostos são tão parecidos, que não discordamos em muita coisa.

Como você escolheu seu vestido de noiva?

Primeiro, eu estava flertando com algumas cores; eu amo rosa, então estava pensando em algo com detalhes em rosa claro. Eu vi um vestido em um mostruário do Christian Lacroix – não o que eu usei, mas um similar. O cinto estava na posição que eu queria, mas era originalmente uma peça maior com um monte de joias penduradas. Eu nunca vi nenhum vestido de noiva que tinha um grande cinto com joias. Quando eu fui à Semana da Moda em Paris para olhar meus designers favoritos, Christian era um deles, claro. Ele detona em casamentos. Todos os desfiles de alta costura terminam com um vestido de noiva, mas no dele, os vestidos ganham um destaque teatral que eu amo assistir. Dava para perceber que ele tem muito orgulho dessa área.

O vestido tinha um pouco de espanhol.

Eu amo o fato dele usar detalhes espanhóis no trabalho dele, e é parte do motivo de eu ter me inclinado para o vestido dele. Aquela costura espanhola na saia me chamou atenção porque honrava minhas raízes e porque minha mãe usou um véu espanhol no casamento dela. Foi o vestido  perfeito para mim. Tinha um vestido no mostruário que me chamou atenção e nós retrabalhamos ele para deixar do jeito que eu queria. Eu não queria um decote gigante nas minhas costas, queria algo que abraçasse minhas curvas e terminasse com um apelo dramático – algo que eu amo como performer. No final, eu acho que ele foi maravilhoso.

Seu cabelo ficou maravilhoso em um chignon. Como você decidiu por ele?

Meu cabelereiro e amigo, Peter Savic, com quem eu trabalho há anos, achou que nós deveríamos prender ele todo para trás, por causa da peça de joia que eu estava usando. Em um determinado momento, eu quis usar o cabelo solto, mas o que ele disse fazia sentido e eu confio nas opiniões dele.

Revivendo os três dias, qual foi o destaque para você?

Entrar no templo foi o mais surreal para mim, um momento dos sonhos. E então, ter minha mãe e a mãe de Jordy me levando à Jordan embaixo da chuppah. Ficar embaixo daquela chuppah era algo que estava mudando toda a minha vida. Nada é mais emocionante do que aquele momento. Jordy e eu nos sentimos tão aquecidos naquela noite. Mas também nos divertimos tanto na noite japonesa! Foi algo que me conectou em diversos níveis da minha vida. Eu morei no Japão por três anos quando era criança, e estabeleci um laço muito especial com aquele país.

Como foi acordar no domingo de manhã como esposa do Jordan?

Acho que o título foi meio chocante. Nós acordamos e começamos a relembrar tudo que tinha acontecido. Falávamos, “amor, nós trocamos votos ontem à noite e fizemos promessas à Deus”. Não parávamos de sorrir e falar, “Bom dia Sra. Bratman”, “Bom dia, Sra. Bratman”. Foi um sentimento incrível e doce acordar no dia seguinte. Honestamente, para mim, quando você ama uma pessoa e está com ela há algum tempo, conhecendo todo o interior dela, é como se já estívessemos casados em alguns aspectos. O relacionamento não muda porque usamos alianças. Nós já estávamos espiritualmente ligados de maneira tão forte que casar foi a forma de dividirmos nosso amor com amigos e família.

Porque você e Jordan decidiram escrever os próprios votos?

Eu acho que foi algo que nós dois sentimos a necessidade de fazer para tornar a experiência mais pessoal. Nós queríamos chegar lá na frente e deixar que todos se sentissem o mais próximos de nós o possível. Nós queríamos dividir com todo mundo o que nós realmente sentimos pelo outro.

Você vai mudar seu nome para Christina Bratman?

Eu provavelmente sempre vou ser Christina Aguilera profissionalmente, mas eu estou planejando mudar alguns documentos legais e manter meu nome do meio, Maria, e o sobrenome dele.

Nós achamos muito divertido você servir comida caseira, como macarrão com queijo, aneis de cebola e batata frita. Como você decidiu fazer isso?

Eu acho que todo mundo gosta de comida caseira! Um dos pratos favoritos de Jordan e meu é a costelinha. Nós estávamos tentando fazer as pessoas se sentirem em casa – essa era uma das nossas maiores preocupações. Nós não queríamos deixar ninguém retraído ao servir comida elegante. Queríamos que todos se sentissem em casa conosco e ficassem confortáveis. Nós também tinhamos várias crianças lá e queríamos que elas ficassem bem.

Você está planejando a lua de mel?

Sim, nós vamos sair do país para descansar antes de eu começar a promover meu álbum. Será em quatro locais secretos em duas semanas.

Filhos fazem parte dos seus planos futuros?

Ah, certamente! Nos queremos muito ter filhos. Eu acho que vamos começar a tentar quando eu terminar minha próxima turnê mundial e eu estou muito empolgada com isso.

Este ano foi incrível para você, Christina, com seu casamento e escrevendo um novo álbum.

Foi um ano caótico, um ano de preparação, planejando um casamento e gravando um álbum. Eu estou muito, muito empolgada com esse álbum novo. Eu sinto que é meu melhor trabalho até agora. Isso pode se dar pelo fato de eu estar apaixonada. Eu sinto como se nunca tivesse escrito ou cantado melhor. A música é muito sincera e honesta e as letras refletem bem como estou me sentindo pessoalmente, como eu cresci e o que mudou em minha vida. Vou lançar este álbum no ano que vem e promover ele pelo mundo, na minha turnê mundial, ao passo que aproveito um novo capítulo da minha vida, como cantora e como esposa.

Quando você conheceu o Jordan, como você soube que ele era o ideal para você?

Nós nos conhecemos três anos atrás, quando eu estava em uma reunião de negócios em Atlanta, e nos conectamos imediatamente. Naquela época, ele estava pensando em se mudar para Los Angeles. Quando ele fez isso, nós nos tornamos inseparáveis, e quando eu digo inseparáveis, eu quero dizer que não suportava ficar longe dele. Na horas nós nos tornamos melhores amigos. Quando ele passou a morar em Los Angeles, nós vivíamos grudados. Logo depois disso, eu estava me preparando para a turnê Stripped e começamos a levar o relacionamento para o nível seguinte, e logo ficamos loucos de amor pelo outro. Três anos depois, estamos casados e muito, muito felizes.

Como ele foi diferente dos outros caras que você conhecia?

Eu acho que ele é o único homem que eu já conheci, na verdade [risadas]. Se todo cara copiasse uma página do livro de Jordy, muitas mulheres seriam felizes por aí. Ele sabe cuidar e respeitar uma garota. Eu consigo ficar elogiando ele por dias. Ele vai além do que pode toda vez. Ele cuida de mim, é meu sustento, está do meu lado nas horas boas e ruins. Ele é minha rocha. É mais forte do que qualquer homem que eu conheça. E ele é muito inteligente, o que me atrai muito. Acho que uma das primeiras coisas dele pela qual me apaixonei foi o sorriso. É o maior e mais genuíno sorrido que eu já vi e consegue iluminar um cômodo inteiro. Tem uma áurea nele que faz as pessoas se sentirem confortáveis facilmente. Ele me conhece melhor do que eu conheço a mim mesma.

Qual a melhor coisa do seu relacionamento?

Nós estamos constantemente ensinando coisas um ao outro. Nosso relacionamento é muito equilibrado – não tem ninguém melhor que o outro em nada, somos iguais. Nós dividimos tudo com o outro, não temos segredos. Ele é meu parceiro e juntos somos um time muito forte. Ele me faz ser uma pessoa melhor.


Voltar para Revistas – 2004 e 2005


Anúncios