Discografia / Álbuns / Bionic


Voltar para Álbuns


BionicLançado em 08/06/2010

Bionic é o quarto álbum de Christina e segundo trabalho completamente conceitual, gravado quando ela tinha 27, 28 e 29 anos de idade.

Indo na completa contra-mão do conceito adotado no antecessor “Back to Basics”, Bionic nasceu com a ideia de mesclar sons sintetizados e futurísticos.

O título, “biônico”, remete às experiências que Christina viveu nos anos anteriores à gravação do álbum, principalmente a gravidez, combinando o som pop com influências eletrônicas”.

Christina teve total controle criativo nas faixas criadas até 2009, trabalhando com colaboradores alternativos conceituados no mundo underground, para criarem um som experimental e totalmente não comercial. Em 2010, grande parte dessas faixas foram realocadas para a edição Deluxe do álbum e substituídas por faixas mais comerciais, com menos controle criativo por parte de Christina.

Tipo: Quarto álbum de estúdio
Tempo Total: 59:27 min (versão principal)
Produção Executiva: ?
Fotos por Alix Malka
Maior posição na Billboard 200: #3
Semanas na Billboard 200: 14
Cópias vendidas (mundo): Aprox. 700 -750 mil


tracklist

1 Bionic
2 Not myself tonight
3 Woohoo (feat. Nicki Minaj)
4 Elastic love
5 Desnudate
6 Love & glamour (Intro)
7 Glam
8 Prima donna
9 Morning dessert (Intro)
10 Sex for breakfast
11 Lift me up
12 My heart (Intro)
13 All I need
14 I am
15 You lost me
16 I hate boys
17 My girls (feat. Peaches)
18 Vanity
19 Monday morning (Deluxe Edition)
20 Bobblehead (Deluxe Edition)
21 Birds of prey (Deluxe Edition)
22 Stronger than ever (Deluxe Edition)
23 I am (Stripped) (Deluxe Edition)
24 Little dreamer (iTunes Deluxe Edition)
Vídeo Making Not Myself Tonight video (iTunes Deluxe Edition)
Vídeo Making the Bionic photoshoot (iTunes Deluxe Edition)
Vídeo Entrevista (iTunes Deluxe Edition)
Vídeo Sessão de fotos de Bionic (iTunes Deluxe Edition)
Descartada Kimono girl
Descartada Listen up!
Descartada So what you got

► participações especiais
ilove

Nicki Minaj em Woohoo
Lil’ John com participação não creditada em Prima donna
Max
e Jordan Bratman nas vozes em My Heart (intro)
Peaches
em My Girls


singles

Not myself tonight

Lançada em 20/03/2010

You lost me

Lançada em 28/06/2010

Conheça mais na Discografia – Singles em inglês


bastidores e curiosidades
ilove

Bionic estava pronto para lançamento no verão de 2009, mas as gravações do filme Burlesque fizeram com que o álbum fosse adiado por um ano, até o verão de 2010.

Diversas mudanças aconteceram no álbum após as filmagens de Burlesque. As faixas Not Myself Tonight, Woohoo, I Hate Boys e Vanity foram adições de último minuto e não estavam nos planos originais. Caso tivesse sido lançado no ano de 2009, o álbum não teria estas faixas, e a produção delas adiou o lançamento do disco de março para junho.

Christina chegou a confessar que, quando terminou de gravar Burlesque, teve vontade de gravar outro álbum ao invés de lançar Bionic. Ela comentou que começou a fazer Bionic quando teve Max e queria se divertir no estúdio – mas o filme acabou interrompendo a produção do álbum e quando ela voltou para trabalhar nele, já tinha vontade de fazer um álbum mais pesado, como Stripped.

Ladytron, uma das mais esperadas, antigas e comentadas colaborações, ficou de fora da verão normal do álbum e só conquistou uma música na edição Deluxe: Birds Of Prey. Outra música produzida em parceria com o grupo foi Kimono Girl, que, segundo eles, nunca passou do estágio de faixa-demo, assim como grande parte das músicas que eles fizeram com Christina.

Goldfrapp, outra colaboração comentada, não terminou a faixa (de título desconhecido) que fizeram com a Christina.

Linda Perry e Christina registraram na ASCAP músicas chamadas MY SO CALLED LIFE, BADASS E BEAUTY QUEEN, que nunca foram mencionadas em nenhuma matéria ou artigo. Estas faixas também foram registradas sob o nome do cantor Daniel Powter, e elas estão no último disco dele. Não se sabe o motivo de Christina e Linda constarem nos registros da ASCAP.

Christina comentou em entrevista em 2009 que havia escrito uma música chamada LISTEN UP!, sobre uma garota que não consegue viver sem maquiagem. O título nunca mais foi mencionado e nunca houve confirmação de que faria parte de Bionic.

Outra música, chamada L.O.V.E., fazia parte dos boatos de Bionic. Nunca houve confirmação, no entanto, de que ela existia, e nenhuma fonte idônea a mencionou.

SO WHAT YOU GOT é outra faixa registrada que não fez parte do álbum, produzida por Dr. Luke. Outra música que não foi lançada e nem tem título confirmado foi uma música criada com Cathy Dennis e Toby Gard.

Todas as músicas compostas com Sia foram lançadas – All I Need, I am, You Lost Me e Stronger Than Ever (na versão deluxe), além da reedição de I Am. Essas canções foram criadas em uma semana.

Tricky Stewart havia sido convidado para produzir apenas uma faixa em parceria com Claude Kelly e Christina, mas o número aumentou enquanto produziam o álbum.

DJ Premier, responsável por quase todo o 1º disco de Back to Basics, foi convidado para fazer duas músicas, mas acabou produzindo nove faixas. O anúncio de que nenhuma das 9 músicas estaria no disco aconteceu em outubro de 2009 e até hoje não se conhece nenhum título. A justificativa para o corte foi de que nenhuma das faixas fluía bem com o resto do álbum.

Em fevereiro de 2010, Claude Kelly disse que trabalhou em 3 faixas no álbum. Na ocasião do lançamento, este número pulou para 5.

Tricky Stewart confirmou que Flo Rida estava em uma das faixas produzidas por ele, mas o rapper não aparece na tracklisting. Não se sabe em qual música ele faria parte. O rapper Lil’ John, por sua vez, tem participação não creditada em Prima Donna – ele é o responsável pela voz masculina que se houve durante a faixa e fez o anúncio por meio do Twitter.

As fotos para o encarte foram tiradas em novembro de 2009.

Vanity é a primeira produção já feita pela compositora Ester Dean.

Woohoo foi enviada para as rádios rítmicas americanas no espaço de tempo entre Not Myself Tonight e o lançamento de You Lost Me, apenas para que o público conhecesse outra faixa enquanto o álbum e o segundo single não eram lançados. I Hate Boys foi o segundo single oficial na Austrália e You Lost Me foi o terceiro single nesse país.

A capa do álbum esconde diversos nomes na arte robótica. “Jordan” e “Max” são dois dos nomes escondidos na imagem, além de “Olive” e “Eve”, que ninguém sabe quem é ou o que significa.

Uma versão remixada de Bionic seria lançada, mas o projeto foi cancelado em razão de diferenças negociais entre a RCA e a gravadora dos DJ. O material finalizado foi descartado e você pode saber mais sobre o álbum clicando aqui.

Segundo o iLeaks, site de download ilegal de música, Bionic foi o 2º álbum mais pirateado do ano de 2010.


►samples
ilove

Woohoo tem sample de  Add Már, Uram Az Esöt! (Kati Kovács)
I Hate Boys tem sample de Jungle Juice (Elektrik Cokernut)

Monday Morning tem sample de Nani Naki Nana (Red Rat, Taiye & Dasheen)

press release
ilove

ARTISTA GANHADORA DE 5 GRAMMY’S, CHRISTINA AGUILERA, LANÇA NOVO ÁLBUM “BIONIC” NO VERÃO DE 2010. PRIMEIRO SINGLE “NOT MYSELF TONIGHT” VAI ESTREAR EM CHRISTINAAGUILERA.COM ÀS 19H (HORÁRIO DE BRASÍLIA) NO DIA 30/03, IMPACTA RÁDIOS EM 05 DE ABRIL E SERÁ POSTO À VENDA NO ITUNES EM 13 DE ABRIL.

(Nova York – NY – 25 de marçõ de 2010. Com 30 milhões de álbuns vendidos ao redor do mundo e a prestigiosa honra de ser a única artista com menos de 30 anos na lista dos 100 maiores vocalistas da história, pela Rolling Stone, a vencedora do Grammy Christina Aguilera já alcançou um inédito nível de sucesso. Aguilera tem trabalhado no estúdio pelo último ano e tem o prazer de anunciar o lançamento do altamente antecipado 4º álbum de estúdio, Bionic (RCA Record) nesse verão. O primeiro single é a energética “Not Myself Tonight”, produzida por Polow Da Don. A música irá estrear em Christinaaguilera.com às 19h do dia 30/03 (horário de Brasília), impactará nas rádios no dia 05 de abril e será vendida no iTunes em 13/04.
iloveaguilera.wordpress.com
Bionic traz música co-escritas por Aguilera ao lado das comentadas colaborações com Sia, Tricky Stewart, Polow Da Don, Le Tigre, Hill & Switch, Ladytron e outros. Aguilera nota: “Trabalhar nesse álbum com tantos artistas e produtores talentosos que eu admiro muito foi uma experiência maravilhosa. Os artistas que eu escolhe trouxeram tantas camadas distintas à Bionic. Minha intenção era entrar no mudo deles e fazer o que eles fazem combinado com minha visão e som. Os resultados foram mágicos”. O álbum também traz uma balada produzida e escrita por Linda Perry, chamada “Lift Me Up”. O título “Bionic” reflete a habilidade de Aguilera em levar o alcance vocal dela em novos níveis e usar a voz dela de forma nunca antes ouvida.
iloveaguilera.wordpress.com
Aguilera descreve o álbum como uma mistura única de genros e estilos musicais. “Eu fui dada à oportunidade de explorar e criar um novo e sensual som para a música eletrônica e elementos orgânicos que variam de divertidos à introspectivos. Estou muito empolgada para que meus fãs ouçam meu novo som. É algo que eu imagino que ninguém esperaria”. Além de compilar o álbum que foi inteiramente gravado no estúdio caseiro dela após o nascimento do primeiro filho, Christina também encerrou a produção do primeiro filme, “Burlesque”. O longa, que traz Cher, Stanley Tucci e Kristen Bell no elenco, será lançado pela ScreenGems no final deste ano.


 seções relacionadas
ilove

bionic summer tour

turnê mundial cancelada

the christina collection

linha de joias por stephen webster


Este álbum tem 6 edições especiais

Clique aqui para conferir as versões alternativas, internacionais, relançamentos e pacotes especiais do álbum Bionic.


► cronologia


Voltar para Álbuns