novo-album-artigo

Novo álbum: O que esperar?

Por Diego Imperiano

Quando o iLOVE me desafiou à escrever sobre um tema para o mês de julho, demorei um pouco para decidir, por que queria encontrar algo que realmente fosse relevante para os fighters, atualmente. Então diante de tantos boatos, especulações e notícias sobre o próximo álbum, resolvi escrever um pouco sobre ele, mas não para aumentar nossa ansiedade. Resolvi fazer uma abordagem diferente, onde possamos refletir melhor sobre o que está por vir.

Toda vez que Christina está nos preparativos para o lançamento de um novo álbum, surge uma comoção entre os fãs. Fãs que ficam reféns de boatos (muitas vezes mal intencionados) e de informações superficiais por parte de pessoas envolvidas no projeto.

A fonte mais confiável sempre se recusa a falar e sempre nos dá apenas pistas do que poderemos esperar para o próximo álbum. Ela nos deixa com gostinho de quero mais e acaba sempre aumentando a nossa ansiedade. Christina é especialista em fazer suspense e guardar tudo para não estragar a surpresa. Mas até que ponto isso é bom para nós e para ela mesma?

Quem é fã desde os velhos tempos, estava acostumado a esperar cerca de 4 anos para o lançamento de um novo álbum, mas as coisas começaram a mudar desde a coletânea de sucessos, lançada em 2008, dois anos após o lançamento do Back to Basics.

Alguns podem nem levar a coletânea em consideração, mas eu acho que foi um marco na carreira dela, onde tivemos um gostinho do estilo musical que a Christina estava envolvida na época e do que poderíamos esperar para o álbum seguinte.

Christina cantando “Beautiful”, em 2003

Já é sabido entre os fighters que foi a partir do Stripped que a Christina tomou as rédeas de sua carreira e de sua liberdade artística. E ela a cada álbum vem nos acostumando a experimentar novos lados de seu talento artístico que nem fazíamos ideia que existia.

Christina cantando “Hurt”, em 2006

Esses diferentes lados sempre foram motivos de orgulho e elogios por parte dos fãs e boa parte da crítica especializada. Mas parece que depois do lançamento da coletânea, isso mudou bastante, até entre alguns fãs.

Nunca vimos uma onda de negatividade em cima de um determinado artista, como vimos na Christina a partir do momento que ela lançou a coletânea e disse que seu novo som estaria olhando para o futuro. Christina passou a ser duramente criticada e sofreu um tremendo preconceito por começar a se envolver com música eletrônica.

De uma hora para outra, aquela cantora tão aclamada por trazer o blues, jazz, soul e tantos outros diferentes estilos musicais para a música pop, virou vilã no cenário musical e apontada como copiadora de uma cantora novata para a época. E a partir daí, o que se espera de Christina Aguilera, passou a ser um dos temas mais polêmicos e controversos da música.
Fiz essa pequena retrospectiva para chegar ao ponto principal, entendendo como Christina era vista pelo grande público até o lançamento de sua coletânea de sucessos, em 2008.

O mundo da música estava ansioso para ouvir em 2010, o novo álbum daquela veterana que estava agora “copiando” a cantora de maior sucesso do momento. Parece que o fato de Christina ter trabalhado com tantos estilos musicais e escrever sobre dor, preconceito, superação e outros temas que nos tocam, a impedia de seguir adiante fazendo o que simplesmente deu vontade de fazer.

Christina cantando “You Lost Me”, em 2010

O público passou então a questionar a qualidade musical de Christina e colocou-a num papel de alguém que está fazendo música por fazer, para cumprir contrato, voltar ao topo das paradas, e de algum modo desesperador, fazer sucesso!

Muito bem, depois do fracasso comercial do Bionic e o abandono da promoção e turnê (que acabamos descobrindo que foi por motivos pessoais), Christina ainda em 2010 anunciou que já estava trabalhando em um novo álbum e a partir daí mais uma jornada se iniciou pela expectativa do novo álbum.

Nada mais natural depois de um fracasso, esperar um grande retorno com direito a tudo o que faltou na era Bionic. Mas Christina nos surpreendeu mais uma vez e não fez o retorno que muitos esperavam. Apenas quis fazer um álbum para ela poder expressar tanta coisa que estava presa em sua garganta depois de tamanha negatividade. Diferentemente dos álbuns anteriores, Lotus veio sem maiores pretensões ou projeto grandioso, mas cumpriu seu papel com simplicidade e clareza.

Christina cantando “Blank Page”, em 2013

O grande problema é que o Lotus, aos olhos do grande público, foi apenas um álbum para se confirmar a decadência, o fracasso e irrelevância de Christina no cenário musical.  Parece que as pessoas perderam a visão que tinham sobre Christina na era Stripped e Back to Basics, parece também que as pessoas passaram a cobrar algo que nem elas mesmas sabem o que estão cobrando, mas que Christina nunca estará suficientemente bem qualificada como antes, para executar.

De repente todos viraram críticos e passaram a apontar o dedo para ela.  Seria simplesmente por ela seguir o seu coração e fazer o que der vontade? Simplesmente por ser ela mesma e não fazer mais tanta questão de ganhar dinheiro com a música? Ou seria simplesmente por ela deixar sua vida pessoal em primeiro lugar?

Parece que se tornou muito fácil julgar a Christina. E parece também que as pessoas não abriram seus ouvidos para ouvir tudo o que ela diz nas letras do Bionic e do Lotus. Será mesmo que esses últimos álbuns sofrem tanto preconceito por não terem qualidade, ou por provarem que Christina pode fazer qualquer tipo de som, mas nunca irá perder sua verdade e sua essência? Parece ser difícil admitir que uma cantora com uma voz daquela, é realmente muito mais do que uma grande voz.

Se você estiver esperando o novo álbum para ver a Christina dominando as paradas e dando autógrafo em toda esquina, muito cuidado, você terá grandes chances de ter outra decepção em sua vida. Não que isso não tenha chances de acontecer, muito pelo o contrário, e eu torço muito por isso por que afinal de contas é sempre bom ver quem a gente gosta em evidência. Mas nos últimos anos ela nos ensinou que não funciona assim e que isso depende de muita coisa para acontecer. Só acho importante estarmos consciente de que ela realmente não se importa com números e já provou isso.

Por isso vou finalizando pedindo para que todos possam pensar um pouco em o que podemos esperar deste novo álbum. Será que temos o direito de cobrar tanto dela, pelo fato dela não ter trabalhado os dois últimos álbuns? Ou será que deveríamos agradecer por termos uma cantora de um nível tão elevado, de maneira que podemos sentir orgulho dela ser ela mesma, em tudo o que faz?

Espero que todos estejam de ouvidos bem abertos e despidos de preconceito sobre o novo álbum, sendo ele um projeto grandioso ou não, por que isso vai depender dos planos e também de tudo o que a Christina estiver sentindo no momento.

Christina sobre o novo álbum (fevereiro deste ano):

“Ainda é um processo criativo grandioso para mim. Eu não fico lançando música por aí só para eles continuarem chegando. Eu acredito na arte de criar e no tempo que me leva para nutrir algo e me dedicar aos detalhes. Eu escrevi muito durante minha gravidez no ano passado, quando eu estava vivendo e absorvendo tudo a minha volta. Isso com certeza vai aparecer no álbum. Minha música sempre vai ter alma, porque é de onde eu me inspiro naturalmente. Mas eu estou particularmente interessada em uma música que Pharrell fez mas que não vamos entrar em muito detalhes agora. É uma música muito, muito legal. No fim, estou simplesmente feliz de trabalhar em coisas que me empolgam e não são forçadas. É um trabalho em andamento.”

Agora se você é um fighter que não acredita nas palavras da Christina, eu só posso lamentar e dizer que você não faz nenhuma falta para ela, por que ela vai continuar sendo essa artista que simplesmente nasceu com brilho próprio e que alguns tem dificuldade de aceitar tamanha beleza.

Dica: Escute a faixa 20 do Stripped e a faixa 07 do Lotus, mas escute mesmo, ouvindo de  verdade. Em seguida você terá recebido um tapa na cara daqueles que será preciso chamar o Samu.

23 comentários sobre “Novo álbum: O que esperar?

  1. Carlos disse:

    Belo texto Diego, parabéns.

    Como fã antigo, acho que a negatividade sempre existiu em torno de Christina, vai saber porque. Uma vez mandaram um email xingando ela gratuitamente no Disk MTV e a VJ ( q nem fã dela era) falou sobre a implicância que as pessoas tem com Christina. Em Back to Basics, uma vez li numa revista que Christina era perdida na tentativa de se encontrar na música. Lembro de tudo isso e acho que essa mídia acabava sempre se calando quando discos excelentes saiam e eram bem recebidos etc.

    O fracasso de Bionic me parece que legitimou as criticas. Sem o sucesso e reconhecimento que ela merece, os haters conseguiram finalmente, nas palavras do próprio Ilove em texto anterior, “jogá-la ao chão.”

    Pro próximo álbum, acredito que todo fã quer a mesma coisa: uma Christina encantada e comprometida com o próprio trabalho, cantando sua nova maternidade e o que ela ache melhor cantar. Particularmente quero que ela saia do eletro, temos dois discos focados nesse estilo e acho que ela pode muito bem fazer da sua mudança de estilo uma característica boa aos olhos do publico novamente.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Taciana disse:

    É por isso que eu amo esse site! Vocês são os verdadeiros Fighters, aqueles que realmente amam e entendem a essência da Christina.
    Concordo com tudo o que você escreveu, Diego, principalmente sobre o Lotus. Não entendo como pode ter tanto fã tão preocupado com hits que não prestou atenção que o álbum não foi feito pra isso e sim como parte do processo de cura da Christina, tanto é que foi depois dele que as coisas começaram a melhorar: ela descobriu a yoga, perdeu peso, voltou a exalar felicidade, culminando no nascimento da Summer. Se ela tivesse lançado o Lotus com a intenção de hitar, teria divulgado muito mais, óbvio.
    Quanto ao próximo álbum, minhas expectativas são as melhores, claro que eu quero apresentações, clipes e tour com DVD, mas já me conformei com a provável falta de divulgação, contanto que Christina esteja feliz. Na verdade, eu até queria que as vendas não fossem tão altas pra ver se a ala superficial que só se preocupa com vendas e peso e bota defeito em tudo sai de vez da fã base e nos deixa em paz pra admirar o talento da Voz da Geração.

    Curtir

  3. Mari disse:

    Eu amo o fato dela cantar pra mim, como se adivinhasse como eu me sinto! É isso que espero, um álbum cheio de inspiração. To cagando pra críticas, mídia, etc. Me tornei fã dela justamente por não ser “lugar comum” desde quando começou.

    Curtir

  4. Leonardo disse:

    Sobre o novo álbum: Acho que será mais hip-hop, também espero que ela saia do Eletro como o Carlos disse acima.

    Já me conformei que ela pode não divulgar o álbum mais uma vez, mas mesmo assim continuo ansioso por ele. Christina sempre consegue me deixar ansioso por coisas novas, não adianta. E mesmo que ela não divulgue, nós teremos músicas novas para apreciar e é só isso que eu quero.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Fabio Yamcha disse:

    Muito lindo o texto Diego parabéns, quanto ao novo álbum eu apenas quero sentir a Christina Aguilera cantando com sentimento e emoção, força e a sua dedicação que só ela tem em relação aos seus trabalhos, independentemente de vendas ou charts. pios ela já provou varias vezes que não é uma modinha e sim uma cantora que tem alma e coloca a verdade e o coração em suas músicas. isso que importa pra mim (não que eu não torça por uma nova era semelhante a era Stripped ou Back to Basics seria muito legal ter uma tour e um DVD, como já foi dito acima) mais por outro lado eu também ficarei feliz caso isso não aconteça, e apoiarei qualquer escolha que ela faça. pois ela estando feliz e realizada com os seus trabalhos eu entenderei e apoiarei ate o fim, mesmo que seja apenas eu e ela. eu estarei lá de braços abertos para recomeçarmos juntos…..

    Curtir

  6. oaventureirox disse:

    Estou aguardando o que sempre espero: a qualidade Christina de ser.
    Simplesmente amo todos os CDs dela. E não sou um fã cego, que não repara os defeitos. Sim, tem alguns. Bionic por exemplo acho bom, mas mau ordenado. Refiz a ordem das tracks na minha playlist e ele ficou excelente! Lótus é incansável! Talvez por não ter sido divulgado e tenhamos escutado aos 4 cantos.

    Curtir

  7. TeamXtina disse:

    Keep On Singin’ My Song e Sing For Me são realmente músicas de ponta…

    Acho que não existe um fã-site brasileiro (de qq outro artista) tão completo, atualizado e que é REALMENTE um fã-site como iLoveaguilera…
    Não dá nem pra comentar o texto do Diego, simplesmente incrível, principalmente em relação ao Bionic e ao Lotus…e tbm qdo disse pra q ngm ficasse procurando hits no “X8″…
    Christina é mto mais do q isso…acho q já refleti tanto em relação a Christina, a sua voz, a sua musica, a sua importância dentro da música e a sua importância pra nós fãs que fico impressionado qdo vejo q ainda há tanto sobre essa mulher q nao conhecemos a cada album lançado…pra falar a vdd acho q existe algo muito maior do q uma “simples” perseguiçao em relaçao a Christina…o q existe em relaçao a ela é uma grande COBRANÇA…Christina sempre nos acostumou com mta qualidade…o problema é q o cenario “mainstream” atual infelizmente parece linkar o termo “qualidade” a “desempenho comercial”…aí ja viu no q dá né…pra falar a vdd nem sei o q esperar do album pq tenho plena consciencia de q vira TOTALMENTE DIFERENTE do q qq um de nós possamos pensar…e é isso, é isso q faz akela garota magrela de Genie In. A Bottle, akela vadia boxeadora de Dirrty, akela dama platinada de Ain’t No Other Man, akela sadomasoquista bissexual de Not Myself Tonight e akela gordinha assassina de Your Body serem, inacreditavelmente, não só a msm pessoa, como tbm a colocarem em um patamar unico…realmente nao da acreditar q Christina é muito mais do q “apenas”(?) a melhor vocalista entre todas…

    Curtir

  8. Felipe disse:

    Diego parabéns👏👏👏!! Eu te admiro por saber entender tão honestamente a arte da Christina.
    A Xtina sempre teve que lidar com a negatividade, a inveja e a crueldade que sempre rondaram sua carreira mas como ela mesma disse, tudo isso fez dela uma LUTADORA. Ela é uma VENCEDORA e sua história é um exemplo para mim.
    Nem vou perder meu tempo tentando dizer oq a música dela representa na minha vida, porque é uma ligação inexplicável e que irei desfrutar e apreciar pelo resto da vida.
    Fico muito feliz em saber que apesar de toda essa negatividade, ela é muito amada! Bem mais amada que odiada e ela recebe mais amor do que ódio, mais elogios que críticas e até mesmo aquele lado sombrio dela (que eu inclusive amo😍😍) não e maior que sua personalidade alegre e contagiante, quanto mais o tempo passa ela parece mais feliz e realizada.
    Ela è incrível!😍 Ela è PERFEITA por não ser perfeita ! A Xtina não deixa as críticas nem a negatividade afeta-la mas absorve todo AMOR e todo CARINHO que recebe e tbm toda positividade q a acompanha onde quer q ela vá !
    Como ela mesma disse em uma carta escrita para os fãs, o nosso amor a inspira e ela vive pra ser inspirada! Nós a encorajamos a mergulhar em si próprio buscando e dando para nós tudo que seu coração tem a oferecer! ount😍😍 já disse que a amo?kk.
    Sugiro a todo fã que leia a carta! Ela foi puramente honesta e sincera e fica mais fácil entende-la como artista e como pessoa.
    Qm sabe assim alguns “fãs” tenham mais cautela antes da saírem jogando palavras ao vento contra a Christina!
    Sobre o novo álbum até tenho meus palpites mas no final ela sempre acaba me surpreendendo e tudo fica bem melhor do que eu imaginava😂😍.
    Rainha! Ela deu uma nova visão sobre oq è perfeição, ela redefiniu essa palavra e o melhor de tudo è que não precisa ser perfeito pra ser perfeito kkk😍❤. Amar a si mesmo e viver em paz consigo mesmo! Esse foi o melhor conselho q ela deu, a Christina me ajudou a me amar.
    Sobre as vendas, bom, ela è uma das artistas mais bem sucedidas da história e foi a segunda que mais vendeu numa década. Por ser qm ela è, pelo calibre que ela tem, a christina è bastante cobrada nesse quesito de vendas, como se ela tivesse alguma obrigação em vender milhões.
    Ela sempre deixou claro que qualidade è bem mais importante que quantidade e que fama e dinheiro nunca foram seus incentivos pra criar música(arte). Saber que isto não è tão relevante pra ela se tornou irrelevante pra mim tbm, claro q seria maravilhoso ver ela dominando as paradas e tendo cada vez mais o reconhecimento q merece mas como ela mesma tbm disse, números e paradas musicais não podem ser mais importantes que a música em si.
    A Christina è uma artista consagrada e convenhamos que ela já passou dessa época em que tinha q provar algo pras pessoas, agora ela só nos surpreende, nos admira e nos encanta.
    Tomou as rèdeas de sua carreira e ganhou sua autonomia pra fazer oq quiser.
    como tantas outras cantoras ela teve q lidar com as comparações e no final se sobressaiu à todas!
    Enfim, um ser humano admirável que nos mostrou tantas coisas e que ainda vai continuar mostrando e nos surpreendendo, deixando nossos queixos no chão.
    😍😍😍😍😍😍😍😍😍

    Curtir

  9. Guilherme disse:

    Não conhecia essa entrevista postada. A única coisa nova e que pode se tirar alguma esperança é essa:

    “No fim, estou simplesmente feliz de trabalhar em coisas que me empolgam e não são forçadas. É um trabalho em andamento.”

    Talvez ela realmente esteja voltando a fazer música boa.

    Curtir

  10. julio disse:

    estava indo mais ou menos o texto.danou tudo quando disse que ela ñ precisa dos fãs.Grande engano colega.Foram os fãs que colocaram ela no patamar que se encontra hoje.os fãs podem exigir sim.Eu quero ela trabalhando e ralando.e ai? este texto não me representa.e xtina precisa de fãs novos, ou vc acha que a madonna tem a mesma fã base de 30 anos atrás? xtina precisa cativar novamente.ela esta perdida em sua carreira .

    Curtir

  11. Raphaell Gonçalves disse:

    puts falar que ela nao precisa dos fãs foi meio sem nexo neh não querido? Christina chegou onde esta por causa de nós fãs… não adianta ter talento e o público não acolher…. eu a amo… não ligo com charts mas acho desrespeitoso a própria simp-lesmente jogar discos aos ventos.. e não ter o minimo de respeito com nós fãs que a colocamos onde ela esta…. a única coisa que desejo dela… é TRABALHO , responsabilidade com aquilo que ela se propôs a fazer…

    Curtir

    • Guilherme disse:

      Mas ela tá trabalhando cara… sentada numa cadeira vermelha ganhando uns 10 milhões por isso. Quer trabalho melhor que esse?

      Curtir

  12. eduardo disse:

    É obvio q ela é a mais qualificada cantora do ramo pop … esse segmento musical hj em dia é muito teatro, muita dança, muito cenário e pouca voz …. Christina é voz, é canto, é interação com a banda, com a melodia e etc … bionic e lótus foram um tapa na cara da indústria musical q apenas pensa em rentabilizar dinheiro, sucesso e fama!!! espero q esse novo cd seja uma explosão de divulgação, que venha com clips e turnê, q mostre todo o seu potencial novamente.

    obs: cada álbum da christina é uma resposta as criticas e a musica Not Myself Tonight é uma resposta de que tudo o que há a musica pop, se ela quiser ela pode fazer muito melhor!!!

    Curtir

  13. Taysa disse:

    Só espero um álbum de qualidade e que ela volte a trabalhar de verdade já nem lembro mais de shows dela será que ela ainda aguenta cantar ? sou fã desde de 1999.Achoque já não canta mais como antes e está perida.

    Curtir

  14. naosoumarcelomarcelo. disse:

    Ótimo texto, eu só não consigo concordar em relação ao Lotus, porque embora ela nunca vá admitir, vejo que ela deu várias dicas de que o álbum foi meio que forçado pela gravadora a acontecer, e a divulgação quase inexistente tá aí pra provar. Não demonstrou nem de longe o mesmo amor e brlho no olhar que ela nutria pela música dela até o Bionic sair.

    Curtir

Os comentários estão desativados.