No clipe de Let There be Love

Compositora de Let there Be Love achou clipe “estranho e meio preguiçoso”

Para os fãs, uma surpresa que surgiu do nada muito depois que a era Lotus foi encerrada. Afinal, quem esqueceu a sensação que foi ficar online logo depois daquela carta e dar de cara com mais esse presente?

Aparentemente, Bonnie McKee, co-compositora da música, não se impressionou. A revelação foi feita em uma entrevista com o Idolator:

Existe alguma música que você escreveu achando que seria um grande hit, mas que não colou?

Eu me surpreendi quando Birthday, da Katy Perry, não decolou. Não sei o que deu errado. Não sei se foi o clipe que não foi bom ou se não era o momento certo para lançá-la, ou até se algo maior estava acontecendo na época. Eu não sei. E também, American Girl. Eu senti que aquela foi…. eu comecei a tocá-la de novo porque voltei a me apresentar. E sempre penso, “gente, essa música é muito boa, não sei o que houve”. Mais o que…? Let There Be Love, da Christina Aguilera.

Essa era a melhor música do Lotus.

Concordo plenamente. Quando a gente a compôs, Max e eu tivemos aquele sentimento bom. Tinha aquele som de sucesso e Christina estava no The Voice na época, num momento legal. Mas eu acho que a música não foi oficialmente lançada. Ela fez um clipe esquisito que era meio preguiçoso. Foi outra hora que eu pensei, “Hmm… que estranho”.

17 comentários sobre “Compositora de Let there Be Love achou clipe “estranho e meio preguiçoso”

  1. m4ax disse:

    Não deixou de ser um presente, mas a XTINA deveria ter trabalhado SIM com a música e lançar um clipe pra BOMBAR. Pena que ambos n aconteceram!!!

    Curtir

  2. Carlos disse:

    É, tinha potencial pra hit sim, assim como Just a Fool, assim como Primadonna e um monte de músicas dos últimos dois discos que todo mundo fala isso.

    Curtir

  3. Stuart disse:

    Pode ate ter sido um sucesso… mas, concordar q era a melhor musica do lotus, e querer demaissssssssssssss!!!

    Curtir

  4. Roddy Sanderson disse:

    Que desnecessário dela falar isso.. se fosse a Xtina não trabalharia mais com ela.
    Birthday é uma das piores músicas do PRISM.. mas o clipe é ótimo. Let There Be Love teve o clipe q merecia ter.. é divertido e, querendo ou não, é a cara da música.. se ela acha q são clipes ruins, deveria olhar pros próprios, q são bem piores.

    Curtir

  5. iloveaguilera disse:

    Acho que sou o único que acha que não faria sucesso se fosse lançada comercialmente :X Os vocais são altos demaaaaais para rádio, na minha opinião. E não vi o povo correndo pra comprar nada depois daquela performance no The Voice :X

    Curtir

    • Luís disse:

      Na verdade você não é o único que acha isso, ilove. Eu particularmente nunca botei muita fé nessa música, embora eu até escute ela algumas vezes. Além dos vocais demasiado altos, como você mencionou, a produção é bem genérica. Não acho que teria feito esse sucesso todo que muitos insistem em dizer que teria feito, caso houvesse sido lançada oficialmente como single. Sou suspeito a discordar que é a melhor música do Lotus, pra mim não faria falta alguma na tracklist.

      Curtir

  6. Carlos disse:

    Na minha opinião aquela performance foi bem ruim, não dava pra vender. Sei lá, eu acho q seria um bom single. Implico mais com Tour Body de primeiro single do que com Ler There Be Love. Ces acham que Army of Me hitava?? Sonho com ela de primeiro single até hoje.

    Curtir

  7. Natty disse:

    Acho que se fosse bem divulgada, poderia ser O HIT do Lotus. Mas também acho que your body e just a fool mereciam mais divulgação… Enfim, apesar de não ser o melhor álbum dela, era pra ser um álbum cheio de hits, ainda que não vendesse tantos cds.

    Curtir

  8. Sam Silva disse:

    Sinceramente, acredito que Christina não gravou Lotus porque opção dela, mas sim por imposição da RCA. Não vejo Lotus sendo um trabalho para comercialização tipo Aguilera faria pra divulgação de retorno comercial.

    Teve a fase Bionic que ela não divulgou, pois pareceu muito mais preocupada em cuidar do seu casamento, e por isso deixou o álbum de lado para que flopasse. Ela teria força suficiente, se quisesse pra reerguer e passar por cima das críticas negativas que foram plantadas, mas não, preferiu deixar de lado e resolver algo que parecia no momento ser mais importante na vida dela.

    O histórico dela de produção dos próprios álbuns comprava que Stripped (2002), Back to Basics (2006),Bionic (2010) são de qualidades superiores ao Lotus (2012) e Christina Aguilera (1999), que deixa bem claro o comprometimento na produção.

    Ouso dizer mais, o não lançamento do novo álbum, acredito eu que seja muito mais por vontade dela em imprimir a marca criativa dela nele e assim afastando um pouco das mãos da gravadora. Lembrando bem que o histórico de Stripped, e, Back to Basics são marcados por ela indo de encontro com as ideias da gravadora… e vejam no que deu redeu a esses álbuns.

    Curtir

  9. Rodrigo Alves disse:

    Amo essa música é poderia sim ter se tornado um hit. Mas ela não quis. Um desperdício!

    Curtir

  10. MsStrongerGirl disse:

    Eu tb não via “Let There Be Love” sendo um hit, acho que “JAF” tinha mais chances para hitar do que “Let There Be Love”, e mais o instrumental da musica me lembra muito a música “Celebration” da Madonna lançado em 2009 (álbum version). (Eu amo as duas ok?)

    Quanto ao álbum o álbum é bom, tem boas músicas ele é confuso? sim é mas lembrem se que o Debut álbum tb é confuso e nem por isso deixa de ser bom.

    Quanto ao vídeo bom eu acho que o vídeo foi um presente para nós os fans, assim como ela fez com a música “Save Me From MySelf”.

    Curtir

  11. Taciana disse:

    A mulher escreve uma música clichê e vem reclamar de um clipe divertido, despretensioso e que foi feito com tanto carinho para agradar os fãs, tsc, tsc.

    Curtir

  12. Guilherme AC disse:

    gente, your body era ótima e teve um clipe foda e não foi hit (ok, que ela nao ajudou em nada não divulgando). realmente não acho que let there iria ser algo maior.

    quer falar de desperdício? just a fool! minha filha, se tivesse tido clipe, apresentações, junto com o queridinho do blake… nossa, ali tinha potencial.

    Curtir

  13. Douglas disse:

    Just A Fool era, de fato, um hit. A maior do Lotus, mas LTBL tem todo este hype sei lá porque. A música é legal, mas não deixa de ser bem básica e mais do mesmo, produção boa, Max Martin não decepciona, mas nenhum apelo muito diferente. Nem sei se realmente iria fazer sucesso, se Your Body não fez, eu não apostaria tanto em LTBL. Ainda que Feel This Moment nesta mesma época, conseguiu hitar. E o clipe ficou legal, o que me fez gostar da música foi justamente o clipe + carta que deixou todo um ar de presente.

    Curtir

  14. Junior disse:

    Red Hot Kinda Love merecia muito mais ser single do que Let There Be Love. Sendo lançada no verão americano, com um clipe bacana, performances etc., teria feito sucesso sim.

    Curtir

Os comentários estão desativados.