Vote para trazer Christina ao Brasil em 2013

Christina cantando em performance especial de The Voice

A organizadora de eventos Time 4 Fun está fazendo um enquete sobre quais shows o público quer trazer ao Brasil em 2013. Muitos fãs se organizaram no movimento de votar em Christina e pediram para postarmos aqui, por isso, não perca mais tempo – clique e vote via Facebook. Lembrem-se que isso apenas mostrará ao Time 4 Fun quais os shows mais pedidos, mas não significa que a empresa terá interesse ou sucesso em trazê-los. De qualquer forma, não custa a tentativa. Ah, e como o voto é por Facebook, se você é de outro país e quer votar apenas para ajudar os brasileiros residentes aqui, lembre-se que isso pode prejudicar, já que mostrará a Time 4 Fun que é apenas um movimento de fãs, não um desejo de público.

Os números de 2012

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2012 deste blog. Quais as páginas mais visitadas? Quem são os 5 maiores comentadores do ano e quantos comentários cada um postou? Veja iloveaguilera.wordpress.com em números levantados pelo WordPress.com!

Aqui está um resumo:

Cerca de 55.000 turistas visitam Liechtenstein todos os anos. Este blog foi visitado cerca de 1.900.000 vezes em 2012. Se fosse Liechtenstein, levaria cerca de 35 anos para que esse número de pessoas o visitasse. Este blog teve mais visitas do que um pequeno país europeu!

Clique aqui para ver o relatório completo

Foto – Christina nos bastidores de show em Nova Iorque (Atualizado)

A foto acima foi postada no Twitter e mostra Christina nos bastidores do show “STOMPNYC”. Trata-se de um espetáculo da broadway dirigido pelo rapaz da foto – Ryan K. Johnson – destinado a “explorar os ritmos do cotidiano”. Para ver a imagem em tamanho maior, clique nela.

Atualização – Clique aqui para ver uma foto com todo o elenco.

‘Lotus’ mantém estabilidade e sobe uma posição na Billboard

Christina na sessão promocional de Lotus

Desde a 3ª semana de venda nos Estados Unidos, Lotus tem saído das prateleiras na mesma proporção – sem perder nem ganhar números significativos de cópias comercializadas. Na 6ª semana, não foi diferente, elevando as vendas americanas para cerca de 181 mil e subindo uma posição na Billboard 200 (#80). Curiosamente, são as cópias físicas que têm segurado o álbum na parada – enquanto cai no iTunes, as vendas do álbum nas lojas têm subido.